La Vita Felina

Gato fazendo xixi fora da caixinha…

Aqui em casa depois da chegada do nosso caçula Billy Bob, começamos a ter esse problema, o xixi fora da caixinha enlouquece os donos…

Fredy Renan apaixonado pela Pandora começou a querer deixar bem claro onde é seu território, o comportamento chato e desagradável deve ser tratado com muita calma e paciência para que a situação se resolva…

Primeira medida que tomamos foi descobrir quem era o autor do xixi… Descobrimos então que Fredinho e Pandora estavam revezando na “arte”.

Após observar o comportamento deles, levamos Pandora ao veterinário para constatar que não havia nada de errado com sua saúde, após exames e um check up ok, resolvemos castrá-la, o veterinário nos explicou que o problema ainda poderá demorar em média uns três meses até desaparecer, já que os hormônios irão diminuindo gradativamente e assim o Fredy tende a ficar mais tranquilo voltando a sua rotina na caixinha de areia. Alguns estudos demonstram que a castração se mostra eficaz nesses casos de marcação de território.

Por que levamos a Pandora para exames e não o Fredy? Em primeiro lugar priorizamos pelo fator idade, depois comportamental, postura baixa na hora de urinar, e alguns probleminhas que ela já estava demonstrando. Durante o período que observamos o Fredy percebemos que ele está super enciumado e ao mesmo tempo “apaixonado” por ela, fica perto dela o tempo todo, chora, um gatão perdidamente apaixonado rsrs.

Bem, enquanto não conseguimos resolver o problema completamente, adotamos o Feliway, aquele hormônio para gatos. Quem quiser saber um pouco mais sobre como funciona e seu uso tem um Post aqui no Blog onde explico direitinho… Eu já havia utilizado ele para adaptação com a Safira.

Outra medida que deu certo foi deixá-los em ambientes separados.

Quando o xixi fora da caixinha aparece sempre olhamos pra ele e reclamamos de seu comportamento, olhe para seu gato e fale firme com ele, mostre o xixi e deixe-o perceber que o desagradou muito. Não adianta bater isso não resolve!

Tem também algumas dicas que eu  já tinha postado aqui, estou certa que logo logo essa fase vai passar…

Palavra de quem entende do assunto:

A Psicovet Daniela Ramos, explica:

Gatos são tradicionalmente conhecidos por serem muito asseados: banham-se diariamente, cobrem seus dejetos depositados metodicamente em suas caixas de areia, adoram um banheiro limpo e bem organizado! Ainda assim, são frequentemente chamados de “porcalhões” quando depositam urina (e/ou fezes) fora de seus “banheiros”. Mas será que esse comportamento realmente indica falta de higiene, rebeldia, ou mesmo vingança como muitos interpretam?

Há diversos motivos compreensíveis (e convincentes!) que levam gatos a urinarem e/ou defecarem fora de seus “banheiros”. A postura agachada, por exemplo, pode ser dolorosa ou desconfortável para gatos com problemas urinários, locomotores ou até neurológicos; optam por urinar em pé, dentro ou fora da caixa. Se você estiver passando por esse problema não adianta bater no gatinho, busque ajuda veterinária para ter certeza que está tudo ok com a saúde do seu amigo felino.

Conheça Whisky e seus “xixis na parede” – a posição de micção em pé é provavelmente mais agradável para esse lindo “ruivinho” que tem déficit de equilíbrio:

E você já teve esse problema com seu gatinho? Compartilhe comigo suas sugestões… Lambeijos pra vocês!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *