Vita Zen

Dor após malhar: Seu corpo pede ajuda!

Elas podem sinalizar que você ultrapassou os limites de seu corpo e, por isso, é preciso ficar atento ao seu surgimento.

Se você sente dores musculares após a malhação, fique atento: é possível que esteja prejudicando o seu corpo .

Muitas pessoas acreditam que essas dores demonstram que os exercícios físicos estão sendo bem-feitos, mas essa informação não está correta.

A dor após malhar só aparece quando os limites do corpo são ultrapassados. “Ela pode ser um dos sintomas de microlesões nas fibras musculares”, afirma Santos.
Segundo o professor de educação física Robson Batista dos Santos*, é aceitável sentir algum incômodo após os exercícios, jamais dor.
Ele explica que, embora faltem estudos mais específicos, a dor pós-treino denuncia que algo está errado e pode ser indicativo de alguma inflamação . Esse tipo de dor se manifesta nas primeiras oito horas depois do treino, podendo ficar mais em evidência entre 24 e 72 horas, diminuindo depois.
Mas o que fazer quando a dor aparece? Nesse caso, Santos não recomenda a ingestão de medicamentos. “Tomar relaxante muscular apenas inibe o desconforto. O ideal é reduzir o ritmo de exercícios, praticar movimentos compensatórios, como alongamento, e, se necessário, repousar”, diz o fisioterapeuta.
Portanto, para evitar dores musculares após malhar e não prejudicar seu corpo, é fundamental ter sempre a orientação de um professor de educação física, que é o profissional qualificado para elaborar um plano de exercícios adequados a você, acompanhar seu desenvolvimento muscular e a execução de todos os movimentos. Treine com segurança!

*Robson Batista dos Santos, educador físico e fisioterapeuta com especialização em fisiologia da atividade física personalizada pela Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Membro do Grupo de Estudo Transdisciplinar e Epidoso II do Centro de Envelhecimento da Unifesp. Membro do Grupo de Estudo de Eletro Estimulação da Universidade de São Paulo (USP). Professor e personal trainer da Fórmula Academia, em São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *