Benvenuto

Casa del Pueblo

Casapueblo é a antiga casa de verão do artista uruguaio Carlos Páez Vilar, nos dias de hoje a construção grega virou um labirinto-escultural que reúne museu, loja, galeria de arte, restaurante e hotel.

Localizada em Punta Ballena, próximo de Punta del Este, Uruguai.

Construída ao redor de uma casa de lata chamada La Pionera (Da Pioneer), foi desenhada pelo arquiteto Carlos Páez Vilaró, que valeu-se de um estilo que pode igualar-se as casas da costa mediterrânica de Santorini, mas geralmente o arquiteto refere-se ao Forneiro, um pássaro típico do Uruguai, para discutir o tipo de construção.

No interior é um museu e uma galeria de arte, mais há alguns anos ele construiu um apart-hotel chamado Hotel Casapueblo ou Club Hotel Casapueblo e tem um restaurante chamado Las Terrazas (As Tarraxas), que segue o estilo da construção original e oferece um saboroso cardápio internacional.

Tem uma homenagem a Carlos Miguel (filho do artista), um dos dezesseis uruguaios sobreviventes do acidente aéreo da Força Aérea Uruguaia Voo 571 que caiu nós Andes em 13 de outubro de 1972.

A loja do Museu recebeu algumas das mais importantes personalidades do mundo político e cultural.

O hotel dispõe de vários tipos de quartos, dependendo do conforto desejado, a época de alta temporada é de dezembro a fevereiro. O local é de difícil acesso aos deficientes físicos e idosos, pois possui uma grande quantidade de escadas e corrimões não existem.

Naquele lugar pendurado em um penhasco sobre o mar de Punta Ballena, todos os dias reúnem-se centenas de pessoas para agradecer ao sol pelo dia que passou.

Visite a Casapueblo no final da tarde e contemple um pôr do sol de deixar qualquer um de queixo caído.

Além da vista indescritível, a Casapueblo guarda uma surpresa para o ápice da “Ceremonia del Sol”.

Todos os dias, religiosamente poucos minutos antes de o sol se pôr, um poema feito pelo idealizador da casa ecoa pelas caixas de som do lugar lido pelo próprio Vilaró, que se despede do astro para quem construiu aquele lugar, como mostra o pequeno trecho abaixo:

“Chau Sol…! Gracias por provocarnos una lágrima, al pensar que iluminaste también la vida de nuestros abuelos, de nuestros padres y la de todos los seres queridos que ya no están junto a nosotros, pero que te siguen disfrutando desde otra altura.Adiós Sol…! Mañana te espero otra vez. Casapueblo es tu casa, por eso todos la llaman la casa del sol”.

 Foto e Cerimônia do Sol via: Blog esse mundo e nosso

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *